sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Motorola relança Razr V3, agora com tela que dobra

Celular que era famoso na década passada agora se chama apenas Razr, ganha repaginada com nova tecnologia e preço alto, de quase US$ 1.500. Porém, características como câmera e processador são de modelo intermediário. Lembra do Motorola Razr V3, celular que dobrava e foi sensação há 15 anos? A Motorola anunciou nesta quinta-feira (14) que ele está voltando, agora com uma tecnologia que tem chamado muita atenção este ano: a tela do aparelho é flexível e também dobra.

Diferente de outros modelos com telas dobráveis, como o Flexpai, o Samsung Galaxy Fold ou o Huawei Mate X, o novo Razr não é feito para se parecer com um tablet, mas com um celular normal, como o que você provavelmente tem no bolso agora — a diferença é que ele dobra ao meio e dá um ganho de tamanho. Fechado, o aparelho tem uma grossura muito semelhante ao modelo Razr V3 original. Segundo a empresa, o desenvolvimento foi focado para garantir um sistema de fechamento preciso, evitando a entrada de poeiras e problemas na tela dobrável. 

De acordo com a Motorola, a empresa desenvolveu e testou vários formatos dobráveis, incluindo mais de 20 protótipos antes de decidir pelo "flip", que já foi um tipo de celular muito comum antes de a Apple mudar o cenário com o lançamento do primeiro iPhone em 2007.
Com preço salgado e seis câmeras, Samsung lança celular dobrável
O celular foi anunciado por US$ 1499,99, o que faz dele o mais barato dos aparelhos dobráveis, mas ainda muito acima dos custos de aparelhos topo de linha lançados este ano como o iPhone 11 Pro, Pixel 4 ou Note 10.

Modelo tem características de intermediário. Embora o preço seja elevado, o smartphone tem algumas características de celular intermediário. O processador é o Snapdragon 710, o aparelho tem apenas uma câmera de 16MP na parte externa e a memória RAM é de 6GB.
Sendo dobrável, o novo Razr vem com duas telas. Uma maior, interna, que é a que efetivamente dobra, e tem 6,2 polegadas e resolução HD. E uma menor, externa, de 2,7 poleadas com resolução Super VGA. Essa tela serve para ler notificações, controlar músicas e utilizar o Assistente de voz do Google.
A Motorola teve que trabalhar para fazer todas as peças encaixarem nesse aparelho — a empresa afirma que teve que encaixar a antena num espaço que é metade do tamanho que as antenas têm nos smartphones atuais.
O Razr não vem com entrada para cartão SIM: o suporte de conexão móvel é dado apenas por eSIM, os "chips virtuais". Além disso, ele chega com Android 9, armazenamento de 128GB e bateria de 2.510 mAh. A câmera interna, que é a que fica no topo da tela quando o celular está aberto, é de 5MP.

Especificações
Processador: Snapdragon 710
Memória RAM: 6GB
Armazenamento :128GB
Tela interna: 6.2 polegadas pOLED HD (2142 x 876)
Tela externa: 2.7 polegadas (800 x 600)
Câmera externa: 16MP, f/1.7
Câmera interna: 5MP
Bateira: 2510mAh
Cartão SIM: eSIM
Sistema operacional: Android 9 Pie
Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário