segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

ASSALTO- Roubo a ônibus de compristas entre Lidianópolis e Borrazópolis

Os coletivo foi interceptado  a tiros e comerciantes reféns, deixados  próximo a Apucarana. Um dos motoristas só foi libertado em Cambé 

 Um ônibus de compristas, que saiu de Foz do Iguaçu com destino a São Paulo, com comerciantes, foi assaltado entre Lidianópolis e Cruzmaltina, na região do Porto Ubá (Distrito de Lidianópolis).  O repórter Belini Junior, da Rádio Nova Am, que apurou os fatos, ouviu um dos ocupantes do coletivo, de nome Vladimir, que é morador de Apucarana. Ele informou que foram disparados tiros e que os meliantes tentaram se passar por policiais. O roubo foi às 23 horas, de 02 de fevereiro, de 2020. Tudo foi revirada pelos marginais em buscas de mercadorias de valor. Já no "Trevo da Coamo", que da acesso a Borrazópolis, os passageiros foram desembarcados e orientados a seguir por uma estrada rural e não voltar para a PR-272. Como estava chovendo, os passageiros voltaram para a Rodovia em busca de ajuda, momento em que foram surpreendidos novamente pelos falsos policiais. Feitos reféns, pela segunda vez, foram colocados em um carro de passeio e deixados próximo a Apucarana, na BR -376, no Contorno Sul. Um guincho da Rodonorte passou pelo local, foi alertado e acionou a Polícia. Já o ônibus, com as mercadorias e com um dos motoristas, foi levado até a PR-444, na região de Arapongas, trecho com Mandaguari. No local, o motorista refém foi passado para um automóvel  de passeio e deixado em Cambé. Até a manhã de segunda-feira, dia 03 de fevereiro, de 2020, não havia pista do coletivo, que é um Scania, modelo K113, CL, ano 1991, branco e placas BWA-6362, de Lindoeste - PR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário