terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

FAXINAL - Polícia prende mulher que durante assalto baleou comparsa

O Delegado Dr. Ricardo Mendes equipe, localizar a suspeita em Londrina. Em 2019 ela foi acusada de invadir a Fazenda Faxinal, acompanha de um homem que foi ferido a bala, mas o tiro era para atingir a vítima  


Uma mulher foi presa em Londrina, suspeita de ter participado de um crime em Faxinal. A prisão ocorreu neste dia 04 de fevereiro, de 2020, numa ação da Polícia Civil, Delegado Ricardo Augusto de Oliveira Mendes, com apoio do Serviço Reservado da PRE - Polícia Rodoviária Estadual, que chegou ao local por volta das 06 horas da manhã. O endereço fica na Rua 3, bairro São Jorge, na cidade de Londrina/PR. O nome da jovem não foi informado pela Polícia, mas segundo testemunhas, seria Beatriz da Silva Nunes, de 18 anos, a qual nega participação e diz que vai provar inocência. SOBRE O CRIME - Era 29 de de outubro, de 2019, quando a Polícia Militar, de Faxinal foi acionada para comparecer na Fazenda Marumbi, zona rural do município de Faxinal, bairro Marco da Pedra. Segundo informações, um casal foi a propriedade rural, Fazenda Marumbi, e pediram uma chave emprestada ao caseiro Joel Mendes de Oliveira, que na região é conhecido como "Jeca Mendes", de 78 anos. Ao perceber que era um crime, o homem reagiu e entrou em luta corporal com o bandido masculino. "Na luta com o meliante, a mulher, na tentativa de ajudar o comparsa, disparou quatro tiros, na vítima, mas um deles acertou o seu próprio comparsa. Em seguida, mesmo ferido, o suspeito e a jovem, fugiram em uma motocicleta, sentido a Vila Velha, mas antes tentaram tomar de assalto um carro que passava pela estrada. Diante das informações, nossa equipe foi para a propriedade, mas fomos informados que a Moto estava em estado de abandono na estrada de acesso ao hotel fazenda Luar de Agosto. Nos deparamos com a moto, que tinha vestígios de sangue no tanque e no banco. Ao consultar a placa, foi constatado que se tratava de uma I/Shineray XY 150, com alerta de furto em 26/10/2019 na cidade de Mauá da Serra", informou o boletim da Polícia Militar divulgado no dia do crime. Com a prisão da suspeita, o delegado tenta esclarecer mais detalhes do caso. O segundo envolvido, também já estaria identificado. Redação de Ronaldo Alves Senes/Blog Berimbau

Nenhum comentário:

Postar um comentário