sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

Ratinho Junior diz que pode cortar ICMS de combustíveis se governo federal garantir repasse 'para que as coisas não parem'

De acordo com governador, repasses teriam que ser 'de R$ 4 a 5 bilhões'. Bolsonaro afirmou que zeraria impostos federais se governadores cortassem imposto.



Ratinho Junior afirmou que pode cortar ICMS se o governo federal garantir repasse ao estado — Foto: Reprodução/RPCRatinho Junior afirmou que pode cortar ICMS se o governo federal garantir repasse ao estado — Foto: Reprodução/RPC
O governador do Paraná Ratinho Junior (PSD) afirmou, nesta sexta-feira (7), que pode cortar o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) se o governo federal garantir repasse ao estado "para que as coisas não parem".
A declaração foi dada em um evento em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Na quarta-feira (5), o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que zeraria os tributos federais caso os governadores cortassem o imposto estadual.
"Isso tem que ser calculado. Se o Governo Federal nos garantir que é possível repassar de R$ 4 a 5 bilhões pro estado para que as coisas não parem, nós topamos fazer esse avanço", disse o governador.
Segundo Ratinho Junior, caso isso aconteça, seria necessário fazer o corte "com muita calma".
"O posicionamento do presidente é muito claro neste sentido, e dos governadores também. Agora, junto com os deputados e senadores, temos que achar uma saída para que a gente possa modernizar a questão tributária no Brasil", disse.
O ICMS é a maior fonte de arrecadação da administração estadual. De janeiro de 2019 a janeiro de 2020, o Estado arrecadou R$ 4,5 bilhões em impostos. A arrecadação total com o ICMS, levando em conta a arrecadação referente a todas as mercadorias, representou R$ 2,8 bilhões neste mesmo período.
A declaração foi dada durante a entrega de uma frota de carros para a Rede de Proteção Social Básica e a Especial do Sistema Único de Assistência Social (Suas), que contou com a presença dos ministros da Cidadania, Osmar Terra, e da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves.
De acordo com o governo do Paraná, serão entregues 222 carros e 15 micro-ônibus para 167 municípios do estado.Por G1-Portal de Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário