terça-feira, 25 de fevereiro de 2020

TRÁGICO - Moça de Apucarana, cujo pai é de Borrazópolis, morreu afogada

A linda Ingrid conheceu  jovem de Maringá pelo Facebook e aceitou convite para passar o Carnaval com ele e amigos no Paranazão, divisa com o Mato Grosso, local onde a tragédia ocorreu   


Imagem da Fazenda
onde a moça passava o Carnaval
     A cidade de Apucarana, ficou enlutada com a morte de uma jovem, de nome Ingrid Stefane de Deus Teixeira, de 22 anos, que é de Apucarana, mas seu pai, conhecido como "Vila Reis", reside em Borrazópolis. Por telefone, conversamos como a Valdineia dos Santos, que é a atual esposa do Vila Reis. Ela contou que a enteada, que mora com sua mãe no Jardim Ponta Grossa, em Apucarana (ex-mulher de Vila Reis), conheceu um rapaz pelo Facebook, morador de Maringá. E que esse jovem, juntamente com alguns amigos, a convidaram para passar o feriado de Carnaval em Baytaporã-MS, numa fazenda, que margeia o Rio Paranazão, com o Rio Bahia, divisa do Paraná com o Mato Grosso. "Em Borrazópolis, o pai dela, o Vila Reis, foi informado que ela foi para esse local se divertir com amigos e um suposto namorado, mas chegando lá, ela e uma amiga foram dar um passeio de Jet Ski, momento em que houve o incidente e elas caíram na água. A outra moça sabia nadar e conseguiu voltar para a embarcação, mas a Ingrid desapareceu. O fato aconteceu no sábado, dia 22 de fevereiro, sendo que o Corpo de Bombeiros, de Porto Rico, ficou dois dias a procura do corpo, só o localizando neste dia 25 de fevereiro", disse Valdineia ao repórter Ronaldo Alves Senes, o "Berimbau". A família decidiu fazer o translado para Apucarana, onde será velado e sepultado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário