sexta-feira, 3 de abril de 2020

APUCARANA - Funcionária disse que foi estuprada pelo patrão

Ilustrativa
REVOLTANTE  Em Apucarana, no dia 02 de abril, durante confraternização de uma empresa, a funcionária disse que foi abusada sexualmente pelo patrão. A ocorrência foi registrada na Rua Wenceslau Braz, no Jardim Trabalhista, casa da vítima. Uma mulher acionou a PM, dizendo que sua filha foi a casa do dono da empresa, na festa do aniversário do referido empresário, e que havia outros funcionários. Quando ela foi utilizar o banheiro, ele a seguiu, entrou junto tirou seu shorts e a violentou. A moça estava nervosa e retraída, quase não se comunicava com a equipe policial. Foi questionada quanto aos fatos narrados por sua mãe, porém apenas chorava. Por fim, disse que durante todo o ato, ele dizia para ficar quieta, porque senão seria pior. A vítima não soube dizer se para o ato sexual foi utilizado preservativo, mas que o homem esperou ela se vestir e foi dizendo que era melhor não dizer nada, se não seria pior. Depois saiu e foi para juntos dos outros, inclusive, a esposa do patrão, sendo que ninguém percebeu. O acusado pegou o carro para levar uma outra pessoa embora, e também a levou. A denúncia grave está sendo investigada, enquanto isso, o nome do patrão foi preservado. O homem nega o crime.

Nenhum comentário:

Postar um comentário