segunda-feira, 3 de agosto de 2020

FAXINAL - Após furto de celular no Hospital, dois foram presos

A suspeita é que o celular foi furtado para ser trocado em drogas.  Após buscas, dois foram presos e cinco pedras de crack apreendidas 

Em Faxinal, no dia 02 de agosto, de 2020, na Rua Alberto Bartels, era por volta das 17:30 horas, a Polícia Militar foi acionada para comparecer ao Hospital Municipal, de Faxinal, onde uma mulher passou a relatar que, durante atendimento médico a uma paciente, uma pessoa do sexo masculino entrou ao estabelecimento, sem autorização e rapidamente saiu, posteriormente, notou a falta de seu aparelho celular. O homem estava trajando camiseta do Corinthians e calça jeans clara. De posse deste dados, a Pm iniciou diligências, até encontrar o suspeito na Rua Antonio Garcia da Costa, próximo a “Passarela”, e em companhia de uma outra pessoa. Ao notar que a equipe policial estava se aproximando, saíram correndo, tomando rumo ignorado. Foi possível abordar somente a pessoa acusada do furto. Do outro lado da quadra,  foi visto saindo de uma casa já conhecida por realizar o comércio de droga. Ele jogou cinco pedras de crack, no mato, as quais foram localizadas. O suspeito reagiu a prisão e deu trabalho para os soldados, mas foi contido. No deslocamento para a Delegacia, os acusados começaram a chutar o camburão da viatura e ameaçar a equipe dizendo: "quando eu sair eu vou caçar vocês, eu tenho conhecimento do crime; aqui é comando vermelho". Ao serem retirados, um deles ameaçou novamente: "assim que eu sair eu vou te buscar, nem que seja no inferno, quero ver se este colete aguenta tiro de pistola Glock, pois eu tenho uma 9mm". Todas as providências foram tomadas e a ocorrência foi registrada como furto  e suspeita de tráfico de drogas. Os detidos, são conhecidos como Cochinski e Josinei, mas ambos negaram todos os crimes acima, imputados a eles.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário