quarta-feira, 13 de janeiro de 2021

Mulher é presa por injúria após discussão de crianças; 'macaco'

Na terça-feira (12), a tarde a Polícia Militar (PM) de Apucarana precisou intervir após uma discussão entre crianças em um condomínio, aonde uma mãe de 31 anos, chamou um menino de 'macaco', no Núcleo Residencial João Paulo, zona Oeste da cidade. Segundo a PM, no local duas mulheres - que são vizinhas de apartamento, têm os filhos que brincam juntos e que de vez em quando acabam discutindo. "O que seria o motivo da polícia ter sido chamada", expressa o boletim da ocorrência.

A vítima disse aos policiais que chegou em casa e seu filho de onze anos, reclamou que a mãe de uma das crianças o xingou. "Você não tem pai, seu macaco sem educação café com leite", incorrendo em injúria racial contra a criança.

A mãe da criança foi então tirar satisfação com a mulher e acabou com hematomas e arranhões. Com a chegada dos policiais, a mulher acusada pelo crime teria dito que está com Covid-19, mas relata a PM que ela foi desmentida por vizinhos e funcionários do prédio. Eles ainda disseram que ela anda não faz uso de máscara em lugar nenhum do condomínio e também não apresentou atestado positivo da doença para a equipe.

A ROTAM deu apoio à situação e as duas mães foram encaminhadas à Delegacia de Polícia para as devidas providências.

O boletim ainda cita os cuidados com as normas de prevenção do coronavírus para as abordagens de suspeitos e vítimas nas ocorrências. Com informações do Portal de noticias TnOnline

Nenhum comentário:

Postar um comentário