segunda-feira, 19 de abril de 2021

LIDIANÓPOLIS - Enquanto uma família comemora a vida, outra chora a morte

No dia 16 de abril, moradores fizeram uma carreata para receber o José Antônio Domiciano que venceu a Covid (Veja vídeo). Já no dia 17 de abril, Antônio Pontes foi sepultado vítima do Coronavírus    

Em Lidianópolis, a comunidade se emocionou com a luta de um competente e dedicado servidor público, de nome José Antônio Domiciano. Ele é membro de uma família tradicional e os moradores acompanharam o drama e angústia vividos por ela, a família. José Antônio foi infectado com a doença, assim como sua filha, que é uma criança. A menina ficou assintomática, mas José teve o seu quadro agravado e precisou ser levado para um Hospital de referência em Ivaiporã. A notícia de que ele seria transferido para a UTI, com necessidade de intubação, causou muita preocupação, mais, no dia 16 de abril, de 2021, graças as orações e competência da equipe médica, que o atendeu, chegou a hora da boa notícia. José Antônio saiu andando do Hospital e carregando uma placa com a inscrição: "Eu venci a Covid". Ao mesmo tempo, aplaudido por enfermeiros e demais funcionários da Unidade de Saúde. A alegria  e a  graça foram  tantas, que os amigos decidiram fazer uma espécie de carreata, enquanto outros ficaram na porta de suas casas acenando e exibindo mensagens de otimismo. Foi de joelhos, em frente a Igreja Matriz, que o paciente recuperado, fez o seu agradecimento especial, gratidão esta que vai carregar para sempre no seu coração, a Deus, aos amigos e aos familiares. No link de vídeo acima, assista alguns momentos desta linda homenagem. COVID - E por falar em Covid, o município de Lidianópolis vive um momento mais delicado com a doença. Nos últimos dias, foram dezenas de casos confirmados. Até este dia 18 de abril, de 2021, eram 262 casos, ou seja, mais 3 confirmados em relação ao último boletim, e também mais um óbito, sendo a vítima, o conhecido Antônio Pontes, membro de uma família pioneira e muito querida do município. Segundo informações, o filho de Antônio, o Nilson Pontes, já havia falecido em Curitiba, outros dois filhos foram infectados com a doença, um deles, ainda em tratamento e a esposa do pioneiro, também segue internada. O sepultamento de Antônio ocorreu no dia 17 de abril, de 2021, com grande comoção.  (Colaborou  Josinel Meneghello e Rosana Rocha da Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário